domingo, 20 agosto, 2017
Capa » Dicas de Treino » Treinamento de equilíbrio atrapalha o equilíbrio?
Sineflex - Power Supplements
Treinamento de equilíbrio atrapalha o equilíbrio?

Treinamento de equilíbrio atrapalha o equilíbrio?

Por vezes, eu falo dos problemas que estão sendo gerados pelo mau uso do “funcional”. O pessoal esperneia, chora, reclama, faz intermináveis “poréns”… no entanto, o que deve ficar claro, é que estou falando do mau uso! Existe mau uso da musculação, do treinamento aeróbio, da suplementação… por que não se pode falar do funcional??

Por exemplo, um dos problemas que vejo e sempre questiono quando vejo as pessoas se equilibrando em cima de plataformas instáveis é que treino de equilíbrio é treino de equilíbrio. Não é treino de hipertrofia, não é treino de resistência, não é treino de força, não é treino de potência, não é aquecimento! Estou vendo muita gente usar treinos em instabilidade como preparação para outras atividades, seja para correr, para jogar futebol, para jogar futevolei, ou até mesmo para treinar “funcional”. No entanto, a questão é: se todo treinamento gera um redução aguda na capacidade treinada, o treino em instabilidade não diminuiria seu equilíbrio em curto prazo?

E a resposta parece ser sim, como comprovado em estudo recente de pesquisadores espanhóis, feito com atletas. Os participantes fizeram um treino com 6 exercícios em superfícies instáveis (Bosu e bola suíça) e foi verificado que o equilíbrio permanecia prejudicado 6 horas após o término dos exercícios, enquanto o grupo que realizava o aquecimento tradicional mostrou tendências de melhoras! A explicação dos autores é simples: a fadiga gerou um prejuízo agudo na qualidade treinada. Dessa forma, o uso de treinos de propriocepção como forma de aquecimento pode, na verdade, ser perigoso, pois diminuiria a propriocepção no período após o treino.
O que o professor deve saber?

Treino de equilíbrio é treino de equilíbrio, não é aquecimento!

Vamos usar as coisas para o que elas servem! Na situação adequada, da forma adequada, para a pessoa adequada e, claro, no momento adequado!

Referência: http://goo.gl/W9l9p6

Sobre Paulo Gentil